Tá com Fome?! Dieta: Melhor Bolo de chocolate LowCarb #RadarCarioca

Bolo de chocolate lowcarb

logo-ta-com-fome

Páscoa chegando e você de dieta. Ou pelo menos tentando manter a dieta, ou não abusar tanto. Esse bolo de chocolate lowcarb não leva farinha de trigo, nem açúcar e não deixa nada a desejar a um bolo de chocolate normal, feito com farinha de trigo e açúcar.

bolo low carb

A receita é super simples:

  • 2 ovos
  • 1 colher de chá de óleo do coco
  • 1 colher sopa de pasta de amendoim
  • 2 colheres sopa de farinha de amêndoas
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • adoçante culinário a gosto
  • 1/2 xícara de cacau em pó

bolo low carb chocolate

Bata as claras em neve e reserve.
Em outro recipiente misture as gemas peneiradas com o restante dos ingredientes, deixando o fermento por último. Quando tudo estiver bem misturado e incorporado, acrescente as claras em neve delicadamente. Coloque em forminhas de empadas/cupcakes e leve ao forno médio por 15 minutinhos ou até que você espete um palito e saia limpo. (no meu forno fica pronto em 10 min.)

bolo chocolate low carb

Já fiz algumas variações, como acrescentar canela e cardamomo em pó [ficou delicia]. Já troquei o cacau em pó por chocolate 70% derretido e ficou muito bom também! É só soltar a criatividade e ser feliz!

De todas as receitas de bolo LowCarb que testei até hoje, este é o que mais fica parecido com bolo normal e super fofinho. Vale a pena experimentar, porque fica uma delícia! Palavra de quem já fiz várias vezes! E como sei que vão me perguntar nas redes sociais qual o adoçante culinário que eu uso, é o Tal e Qual – Forno & Fogão.

bolo low carb de chocolate

Agora vamos ver o que as outras meninas do grupo postaram…

assinatura-vs3-radarcarioca

Claudia Speroto: vc acabou de ler! 😉
Júlia Carvalho – Brigadeiro de Páscoa
B-jus, Clau Speroto

Tá com Fome? Dieta: Melhor Pizza LowCarb da vida!

pizza lowcarbPizza LowCarb

Não existe ninguém que goste de fazer dieta, não é mesmo? Pelo menos eu não conheço… Por mais tranquila e menos restritiva que seja, o nome dieta já da uma tremedeira por dentro só de pensar em deixar de comer coisas gostosas [leia-se porcarias engordativas].

Já fiz muitas dietas pela minha vida afora. Já fiz reeducação alimentar, que depois de um tempo eu me “deseduquei” e voltei aos velhos hábitos, e agora estou descobrindo o mundo da LowCarb [não estou aqui para explicar a dieta e nem “consultar” ninguém pois não sou da área de saúde, aconselho a procurar um profissional especializado], mas posso sim, tentar ajudar com receitinhas testadas por mim, porque nem tudo que tem na internet falando que é LowCarb efetivamente é, e nem sempre uma receita lowcarb que se diz igual ao original gordo, é igual. Às vezes não chega nem perto do sabor! [já testei umas que PELOAMORDEDEUS, quem me acompanha no InstaSnap – aquele snapchat do instagram, o Stories – assiste diariamente minha saga por receitas realmente boas]

logo-ta-com-fome

Mas vamos parar de enrolação e ir direto ao ponto. Depois de algumas tentativas frustradas em fazer uma pizza LowCarb, finalmente cheguei a receita mais próxima possível de uma pizza de não dieta!

pizza lowcarb de cima

Para a massa você vai precisar de:
– 170g de mussarela ralada (aproximadamente 1  3/4 xícaras ou 6 oz)
– 85g de farinha de amêndoas (aproximadamente 3/4 xícara ou 3 oz)- 2 colheres de sopa de cream cheese
– 1 ovo
– sal a gosto

Modo de preparo [é bem estranho, mas garanto que dá certo!]:
Misture o queijo ralado e a farinha de amêndoas em uma tigela que possa ir ao microondas, a seguir acrescente o cream cheese e coloquei no microondas na potência alta por 1 minuto. Retire, mexa para incorporar bem. Volte a tigela para o microondas, novamente em potência alta, mas desta vez por apenas 30 segundos. Retire, mexa, acrescente o ovo e o sal, e mais algum tempero se quiser.

massa crua pizza lowcarb

Forre o tabuleiro com papel manteiga para a massa não grudar, e vá abrindo a massa com os dedos [fica uma massa muito fácil de trabalhar, mas não dá para abrir com o rolo] Se por acaso a massa endurecer, volte com ela para o microondas por 10 ou 20 segundos para amolecer, mas não ultrapasse este tempo para não cozinhar o ovo [a minha não endureceu não].

Depois da massa aberta, faça furinhos com o garfo por toda ela. Leve ao forno para assar por 12/15 minutos ou até que fique dourada à temperatura de 220°C ou 425°F. Retire e vire a massa para dourar do ledo de baixo.

lados da pizza lowcarb

Agora é só colocar a cobertura desejada, levar ao forno novamente para derreter o queijo e ser feliz!!! Eu coloquei molho de tomate caseiro, mussarela ralada, linguiça calabresa cortada bem fininha e orégano. Voltei com a pizza para o forno a 220°C até derreter o queijo.

pizza lowcarb antes de assar

1 fatia da massa sem cobertura tem aproximadamente 203 calorias, 16,8g de gordura, 4g de carboidratos, 1g de açúcar, 1,6g de fibra e 11g de proteína.

A minha ficou mais calórica porque usei queijo mussarela (bastante) e linguiça, mas você pode fazer com a cobertura que quiser e usar ingredientes mais leves.

pizza lowcarb fatiada

Espero que tenha gostado! E faça sem medo! Não vá esperando encontrar uma pizza IGUAL a da pizzaria porque não é igual, afinal não tem farinha de trigo, mas é MUITO PRÓXIMA a da pizzaria, acredite em mim!
Receita retirada do instagram @midesimone

fatia pizza lowcarb

Se quiserem ver mais receitinhas assim, deixe aqui nos comentários, que daí todo teste que eu fizer e der certo, volto pra contar aqui no blog e passar a receita pra vocês!!! [sim, que der certo, pois o que eu tenho comido de omelete que dizem que é pão, quindim.. bolo.. panqueca… NOSSASENHORA.. mas a verdade é que adoro me fazer de cobaia!!! :)]

B-jus, Clau Speroto

Editando: Esqueci de dizer que fiz alguns testes: deixei na geladeira por dois dias e ela continuou boa. Também congelei a pizza, e ela permaneceu perfeita após o descongelamento. Não absorveu água e nem ficou dura. Da próxima vez vou fazer discos menores, assar, rechear e congelar. Daí quando quiser já terei pizza prontinha só esperando para ir ao forno!

Tá com Fome?! Como fazer Lasanha de Abobrinha #Radarcarioca

logo-ta-com-fome

Lasanha de Abobrinha

Quem me acompanha no SnapChat e no InstaStories (segue la nos dois: ClaudiaSperoto) sabe que estou fazendo a dieta da proteína. Tá, eu sei que não é das melhores, não faz tão bem assim, mas não sou virgem desta dieta, sei dos prós e contras, mas neste momento é disso que estou precisando para dar um gás na perda de peso.

E como não sou adepta do bacon… de embutidos, como salaminhos… presuntos… Tenho que arrumar alternativas para não cansar da alimentação um tanto limitada desta dieta (fruta só UMA por dia). E a abobrinha tem se tornado uma grande aliada, macarrão de abobrinha… lasanha de abobrinha… abobrinha recheada…

lasanha-de-abobrinha

Esta lasanha tem um dos preparos mais rápidos que já fiz:

Pego uma abobrinha média, lavo bem e corto a pontinha fora. Depois passo no mandolin [aquele fatiador de legumes] e corto em fatias bem fininhas [se você não tiver mandolin, pode fazer na faca mesmo, a primeira vez que fiz cortei na faca e deu super certo]. Normalmente depois disso a galera já monta a lasanha e põem no forno. Eu não gosto pois a abobrinha fica muito crocante para meu gosto, então coloco uma panela com água e sal no fogo, e assim que começar a ferver, coloco todas as fatias de abobrinha:

lasanha-abobrinha-fatiada

Mas não deixo cozinhar por muito tempo não. De minuto em minuto espeto um garfo para ver se atingiu o ponto que eu quero: cozida, porém ainda firme. Na verdade o suficiente para perder o “croc” e depois escorro em uma peneira.

Para o molho, desta vez usei frango desfiado que tinha congelado [frango temperado desfiado congelado é vida! Descongela num piscar de olhos], então aproveitei este franguinho já pronto, dourei um alho, acrescentei mais temperos como cebola, tomate, pimenta e deixei bem sequinho, pois a abobrinha solta bastante líquido, mesmo depois de pré-cozida. Já fiz também com carne moída, e o processo é o mesmo, molho bem sequinho.

frango-desfiado-lasanha-abobrinha

Tudo pronto é só partir para a montagem:

– 1° camada: abobrinha;
– 2° camada: frango desfiado;
– 3° camada: queijo mussarela fatiado;
– 4° camada: abobrinha;
– 5° camada> frango desfiado, assim sucessivamente.

Depois é finalizar com uma camada generosa de mussarela e levar ao foro para derreter o queijo e gratinar. Se você estiver fit, basta substituir a mussarela por ricota ou outro queijo magro de sua preferência!

lasanha-abobrinha-usei-contei

As fotos não estão uma maravilha pois foram fotos bem simples que compartilhei com amigos pelo whatssap durante o processo. Mas a receita fez tanto sucesso que resolvi compartilhar com vocês. E reparem que mesmo fazendo um molho sequinho tem bastante líquido, pois soltou muita água da abobrinha!

Agora vamos ver o que as outras meninas do Radar Carioca postaram sobre o tema: Culinária!

radar-carioca-assinatura

1 – Claudia Speroto: você acabou de ler!
2. Claudiane: Salmão Fácil
6. Julia Carvalho: Snacks para a TPM
Gostaram?
B-jus, Clau Speroto

Tá com Fome?! Receita de Tomate Confit – #RadarCarioca

logo-ta-com-fome

Outro dia postei aqui no blog sobre os benefícios do tomate e confesso que passei a me interessar mais sobre o tema/alimento. Sempre que tenho um tempinho faço molho de tomate caseiro [se vocês quiserem posto minha receita no blog] e já tinha um tempinho que estava querendo fazer Tomate Confit! E como o post de hoje no Radar Carioca é uma receita nada mais lindo do que fazer uma receita com tomate, e porque não o próprio Tomate Confit!?

O que é o tomate Confit?
Muito nos antigamente a carne era cozida lentamente em sua própria gordura e depois armazenada para se conseguir o aumento da vida útil do alimento, pois a elevada temperatura mata as bactérias e o isolamento do ambiente impede o contato com o ar, proporcionando assim a durabilidade do produto. Baseado nesses princípios criou-se a técnica que chamada de confit, palavra de origem francesa que significa cristalizado. Essa é uma maneira de preparar um alimento, cozinhando e concentrando o próprio sabor imerso em óleo, azeite ou gordura.

tomates uva e debora

Normalmente esta receita se faz com tomate cereja, mas como eu sou A Diferentona, fiz com meia caixa de tomatinho uva e 4 tomates Débora que tinha em casa. O primeiro passo é lavar bem, tirar as sementes, a parte branca interna e possíveis machucadinhos dele. Depois basta cortar em pedaços de médio a pequenos e dispor em um tabuleiro [no caso do uva cortei apenas ao meio]:

tomate cortado

Para esta quantidade de tomates coloquei aproximadamente 1 xícara de azeite extra virgem [basta regar os tomates com ele], acrescentei um pouco de orégano [fresco e desidratado], alecrim, um pouquinho só de tomilho, alho cortado em cubinhos bem pequenos [3 ou 4 dentes], pimenta calabresa [duas pitadas] e um pouquinho de pimenta síria. E NÃO, eu não coloquei sal pois ele desidrata muito o tomate.

tomate confit com os temperos

Feito isso, forno em temperatura baixa (180°) por aproximadamente 50 min. Mas olhando de vez em quando para ver se alguns estão ressecando. Caso isso aconteça, é só mexer com uma colher.

tomate confit receita

Depois é só deixar esfriar e passar para um pote de vidro esterilizado [esterilizado em casa mesmo com agua fervente]. Dura duas semanas na geladeira.

Serve de entrada com torradinhas; é uma delicia para fazer bruschettas; perfeito para acompanhar uma salada… use sua imaginação e bon apetit! E quando o tomate acabar você terá um delicioso azeite temperado!

radar carioca 1

1. Claudia Speroto: você acabou de ler!
2. Claudiane: Bolo de Batata
3. Cristina: Batata assada com linguiça
4. Flavia: Torta de Liquidificador – Lanche rápido
5. Julia Carvalho: Torradas Temperadas
6. Maressa:
7. Monique: Batata Gratinada com Camarão
8. Paloma: Brigadeiro Gourmet
9. Priscila: Brigadeiro de prestígio
10. Dafne: Joaninhas de frutas

Uma receitinha simples e deliciosa assim agrada a qualquer paladar! Espero que tenham gostado!
Façam e me contem depois!

B-jus, Clau Speroto

Tá Com Fome? Receita Rápida de Escondidinho para Páscoa – Conexão Carioca

E hoje vou misturar duas tags daqui do blog, a “Tá Com Fome?“, onde ensino receitinhas rápidas, práticas e gostosas com a tag do nosso amado grupo “Conexão Carioca“. A ideia da vez é postarmos receitas ou sugestões de comidinhas para a páscoa. Escolhi um prato que fiz recentemente e que ficou delicioso, Escondidinho de Carne Seca com Batata! Sim, usei batata no lugar do aipim para ser mais rápido e ficou divino!!

logo-ta-com-fome

Então vamos parar de papo e ir direto ao que interessa?!

receita de escondidinho blog usei contei

Recheio:
Primeiro passo foi dessalgar a carne seca: cortei em quadrados médios e cozinhei em fogo alto até levantar fervura. Descartei a água e repeti o processo mais duas vezes. Ainda quente, desfiei a carne seca e reservei. Em uma panela dourei bastante alho com cebola e acrescentei a carne seca desfiada, refoguei um pouco e acrescentei tomates em cubinhos pequenos. [Claudia, e a quantidade?? Não sei amigos. Faço tudo de olho, infelizmente]. Depois destes itens refogados, acrescentei Cream Cheese [gosto muito da marca Philadelphia] até chegar a um ponto de cremosidade que eu queria, mas que não ficasse muito molengão. Provei o sal, acertei a pimenta e reservei. Recheio pronto!

carne seca desfiada

Massa do escondidinho:
Descasquei e cortei a batata inglesa em cubinhos, cozinhei em água fervente até ficarem bem macias [eu cozinho as batatas na água SEM SAL] e passei pelo espremedor ainda quentes. Levei para panela, acrescentei sal e um pouco de leite, e cozinhei até soltar do fundo [tipo quando se faz brigadeiro]. E reservei.

montagem escondidinho

Montagem:
Achei melhor e mais bonito fazer porções individuais, então em um refratário individual coloquei uma camada do pure de batatas o suficiente para fazer uma “caminha” [muito importante que a louça escolhida aguente altas temperaturas pois irá ao forno]. Em seguida acrescentei algumas fatias partidas de queijo prato [era o que eu tinha, pode ser mussarela tb]. Depois acrescentei uma quantidade generosa do recheio.
como fazer escondidinho de carne seca
Coloquei por cima do recheio mais algumas fatias cortadas de queijo prato e cobri tudo com outra camada do pure de batatas.
escondidinho de pure de batata
Salpiquei um pouco de parmesão ralado e levei ao forno por uns 30/40 ou até perceber que já estava no ponto. Você pode também ligar a função grelhar do forno para ficar douradinho, eu preferi usar o maçarico culinário pois acho mais rápido. Decorei com tomatinhos uva cortados ao meio, e servi como prato único, sem acompanhamento.

escondidinho de carne seca com pure de babatas
Quem comeu disse que estava simplesmente maravilhoso!!!!
Foi a primeira vez que fiz, e realmente ficou incrível. Na próxima que mudar o recheio e tentar fazer de camarão. Mas as opções são muitas… carne moída, bacalhau, frango, carne assada, recheio de legumes ou cogumelos para os vegetarianos, solte a sua imaginação e arrisque-se na cozinha, porque é delicioso!!!!

banner final de post 600
Tina Szabados – Make, Coisa e Tal
Luciana Vilela – Mulher Sem PhotoShop
Dafne Dias – Elfinha
Patricia Meireles – Fuxico de Mulher
Luciana Gimenes – Sacolando
Ana Farias – Trendy Twins

Uma linda Páscoa para todos vocês!!!!
B-jinhus, Clau Speroto